Caixa reduz desconto no financiamento imobiliário

Spread the love

A Caixa Econômica Federal (CEF) reduziu o desconto nas taxas de juros no financiamento de imóveis. A mudança tem relação com transações feitas com recursos da caderneta de poupança (SBPE).

A taxa de linha de crédito sai dos 8,3% e vai para 8,7% ao ano + a Taxa Referencial. É importante ressaltar que esse financiamento imobiliário é exclusividade daqueles que possuem conta na Caixa.

A instituição financeira, assim como as demais, possui uma taxa mínima para alguns clientes, que é de 8% ao ano. Já para quem não tem relacionamento com o banco, existe a opção da “taxa balcão”, que atualmente é de 8,9% ao ano.

A Caixa afirma que essas alterações não podem ser consideradas como aumento nas taxas, uma vez que a taxa mínima e a máxima não foram modificadas. Mas é possível afirmar com segurança que os descontos ficaram menores, principalmente com o aumento recente da Taxa Selic.

Outro fator importante é que essas alterações nas taxas de juros podem fazer com que a Caixa tenha valores muito próximos de outras instituições privadas. O Banco Itaú por exemplo, tem uma taxa de 9,1% ao ano + TR.

Por conta da proximidade das taxas com aquelas cobradas pelos bancos privados, o ideal é que o consumidor avalie todas as condições antes de definir onde será feito seu financiamento imobiliário.

Como simular um financiamento imobiliário na Caixa?

A instituição pública possui uma linha de crédito especial para quem deseja financiar um imóvel novo ou usado.

Vale ressaltar que o comprador pode conseguir o prazo de até 35 anos para terminar de pagar todo o valor financiado. O prazo de carência para iniciar a amortização depende do tipo de financiamento imobiliário escolhido na contratação.

Conheça  as etapas do financiamento de imóvel na Caixa

Veja o passo a passo:

Passo 1 – Faça a simulação no site da Caixa ou pelo aplicativo;

Passo 2 – Apresente a documentação solicitada e aguarde a análise de crédito;

Passo 3 – Aguardar o resultado da análise de engenharia e a verificação se o imóvel tem condições para ser negociado;

Passo 4 – Caso seja aprovado, nessa etapa é preciso assinar o contrato diretamente na agência;

Passo 5 – Leve o contrato para ser registrado em cartório;

Passo 6 – Por fim, inicie o pagamento das prestações através de boletos ou coloque-os em débito em conta.

Como é feita a simulação habitacional?

A simulação pode ser feita diretamente no site ou pelo aplicativo, que é gratuito e pode ser baixado na App Store de qualquer smartphone.

É preciso informar a categoria do financiamento de imóvel e qual o valor necessário para a aquisição do imóvel. Informe o estado e cidade onde o bem está alocado. Depois é necessário informar seus dados pessoais e qual a renda familiar.

Para finalizar, informe qual a opção de financiamento imobiliário mais lhe agrada e veja o resultado com dados sobre valor de entrada e porcentagem subsidiada pelo banco.

Quer saber mais sobre esse tema? Deixe seu comentário.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.