Adquirir Imóvel na planta: será que vale mesmo a pena? 

Spread the love

Adquirir um inabalável na planta é melhor que alugar? Neste artigo compartilho minhas experiências recentes que poderão te auxiliar em sua decisão.
Como alguns de vocês sabem, costumo inscrever para o Riqueza sobre perspectiva macro, investimentos em títulos do Repositório Direto, economia e mercado de aquilo que se faz (clique aqui para analisar minhas publicações).
Há pouco tempo, passei pela nova ciclo na vida e acho rendoso quebrar isto com você.
Espero resultar um ensino profissionalizante com o assunto de hoje, tanto para você que também não teve esta experiência, como para que pessoas já passou dessa forma, e compartilha das sensações que eu tive ao adquirir um inabalável na planta.
Morei anos de arrendamento visto que constantemente considerei mais rendoso, pela série de aspectos, como ter meus recursos investidos em renda fixa e mudável, obtendo rendimentos satisfatórios.
Porém, casei; e com o casamento, começaram as cobranças para a compra de um inabalável. Aquela famosa “ segurança ” que milhares de brasileiros gostam de ter, obtendo a “ casa própria ”.
Por causas óbvias, não irei colocar os princípios reais negociados por mim, porém busquei atingir o mais próximo da existência, usando números proporcionais.
Similarmente precisa ser levado em consideração que moro em São Paulo, uma das cidades mais caras para se viver no mundo, especificamente se colocarmos na ponta do lápis o esforço de vida em comparação com a media de salário da indivíduos.
Palco de investimentos recomendada: Copioso – A sua palco de investimentos completa, desembaraçado e segura
O início da compra
Antes mesmo do casamento, iniciamos a procura por um inabalável que se adequasse aos nossos padrões de vida e próximo ao local de trabalho de os dois, em razão de, em São Paulo é fundamental este ponto, para termos uma ótima qualidade de vida.
Depois de qualquer consumo, encontramos uma coisa de acordo com o perfil que buscávamos. Logo então, em uma jovem dependência após a passada ao discriminação decorado, iniciamos as negociações.
A ideia seria conseguir um inabalável na planta e flexibilizar o movimento de caixa para pagamentos mensais sem que houvesse aquelas parcelas semestrais ou anuais com princípios altos a pagar.
O inabalável custaria R$500 mil e por princípio, seria preciso dispender ao menos R$100 mil ou 20% do valor completo até a entrega das chaves, em pouco mais de um ano.
O tempo passou e pagamos religiosamente mês a mês o valor preciso até o hora que mais esperávamos. Uma vez que bem, é precisamente aí que as surpresas se iniciam. Depois de os pagamentos realizados, tinha a ideia clara que também devia R$400 mil a construtora, porém descobri que não funciona precisamente dessa forma.
Para iniciar, o valor do inabalável – ou da sua crime – é acoimado pelo INCC mensal. Ou seja, se no tempo o indicador de enfatuamento avançou 10%, minha crime completo não era R$400 mil e efetivamente R$440 mil, uma coisa já muito considerável.
O feito é que paguei os R$100 mil no tempo de construção, porém “foi válido” somente R$60 mil. Os mais R$40 mil foram incorporados pelo reajuste inflacionário.
Vídeos indicados: Call de Fecho, com o crítico Roberto Indech
As demais surpresas e o hora do financiamento
Depois de esta assombro destacado sobre o valor da crime, vieram novas dores de cabeça.
O salvação do FGTS juntamente à Caixa Econômica Federal é um encargo. É essencial muita assiduidade, uma vez que passado mais um mês, a crime segue se elevando, caso não tenha adquirido sucesso no salvação do fundo do agente.
Dezenas de documentos são solicitados pela maneira mais burocrática possível. Em suma, depois de cerca de pouco mais de um mês, tivemos sucesso; porém saliento que não foi uma missão possível.
Juntamente com o diferença do FGTS, negociei para garantir os mais baixos interesses possíveis sobre o valor do financiamento. Com a tarifa de interesses da economia também grande, país em crise e refreamento ao influência, é complicado conquistar uma coisa rendoso.
Além destes, começam os pagamentos “extras”. Os principais:
ITBI – Imposto sobre Transmissão de Propriedades Imóveis;
Contratação juntamente ao banco do financiamento;
Repartição cartorário.
Somando estes 3, poderíamos apurar cerca de pouco mais de R$20 mil.
Acompanhe coisa na pecúlio ao visível: Programa Ponto a Ponto, com o crítico Leandro Martins
A chegada no novo discriminação
Depois de tanta delonga, tantas fases e pagamentos, chega-se a grande momento: as chaves do seu discriminação estão nas suas mãos. É a prática de um sonho. Será? Para alguns pode ser, para mais também não.
Neste hora, iniciam-se as negociações para novos esboços: lajeado, marcenaria, mobiliário, parte elétrica, gesso, etc.
De novo voltamos aos complicações do país, como a retrocessão nos últimos anos e o quantidade da enfatuamento sobre os preços. Isto encarece o valor final e evidência novas dificuldades para aqueles que não contem mais tanto quantidade de compra.
Entre um bom alarife, esboços e todo o interior, pelo palpite final, é possível expressar que fácil se gasta cerca de 1/3 do valor do inabalável. Inegavelmente isso pode ser realizado aos poucos, porém há aqueles que gostariam de modificar já com um discriminação completo.
Angra sua conta gratuitamente: Invista de maneira profissional e rentável por meio da Copioso
Entendimento
Nesta história toda, consigo alcançar a quatro conclusões:
É preciso entendimento técnico para a prática do sonho;
Com o reajuste inflacionário do valor da crime contado pelo INCC, o perigo de se adquirir um inabalável na planta não compensa. Se for corporificar um palpite na ponta do lápis e adquirir um inabalável por um valor de ritmo atrasado de R$8 mil, por exemplo, em 2 anos, a sujeitar-se da enfatuamento no tempo, esse valor será capaz de alcançar sobre R$10 mil e não impreterivelmente você irá vender o inabalável neste valor no momento em que no hora da distribuição;
Se for adquirir um inabalável, tenha os recursos disponíveis para pagamento a ideia, tendo dessa maneira um grande quantidade de burla, especificamente em momentos de crises no país;
Assiduidade e dinheiro são recursos indispensáveis neste hora.
Então, não distinto que constantemente mencionamos para a prática de um investimento em aquilo que se faz ou renda fixa, o fundamental é ter entendimento sobre aquela coisa que se está realizando. Isto evitará surpresas no final de toda a história. Um grande aderência e até o próximo!
Nota: Esta coluna é mantida pela Copioso.com. vc, que contribui para que os leitores do Riqueza possam ter acesso a conteúdo imotivado de qualidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.